Categorias
Sem categoria

Quais panelas são seguras na gravidez?

Com certeza você se lembra muito bem e com certa nostalgia dos almoços em família em que as queridas panelas de ferro ficavam espalhadas pelo fogão. Com certeza também em algum momento desses dias sua avó disse que comida feita em panela de ferro fazia bem e ela tinha toda razão!
E isso está claramente comprovado! As panelas de ferro realmente trazem benefícios à saúde e em especial para as gestantes, que necessitam de uma boa alimentação por estarem em preparação para ter filhos.

A importância do ferro na gravidez

Tanto no organismo do corpo materno quanto como o do bebê, o ferro é um nutriente extremamente fundamental para o bom funcionamento destes e uma boa alimentação é uma fonte essencial para oferecer ferro ao nosso corpo, podendo ser encontrado tanto em verduras, grãos e legumes como também em carnes.
A ausência de ferro no sangue pode causar anemia, que é prejudicial para o corpo grávido e para o bebê. Para evitar a anemia, é necessário alimentar-se de forma equilibrada e variada, além de adotar hábitos saudáveis juntamente a alimentação.
Antes mesmo de engravidar, o nosso corpo precisa de ferro para realizar várias funções, como a produção de hemoglobina, que é a proteína do sangue que ajuda a carregar oxigênio para as células do corpo e a manutenção de um sistema imunológico saudável.

Ao ficar grávida, o ferro passa a ser ainda mais importante para o organismo, já que a quantidade de sangue aumenta no corpo em até 50% durante a gestação, assim, quanto mais sangue, maior a necessidade de se produzir hemoglobina. Além disso, o ferro também é usado pelo bebê em desenvolvimento e pela placenta, especialmente a partir dos 4 meses de gestação.
Antes mesmo da gravidez, algumas mulheres já apresentam carência de ferro no organismo graças à má alimentação. Sabe-se que a ingestão de ferro se torna ainda mais importante após o momento em que a mulher fica grávida. Assim, é preciso começar a gravidez com estoques suficientes de ferro para evitar a anemia na gravidez, lembrando que para o feto, o ferro desempenha um papel essencial em seu desenvolvimento. A carência de ferro no organismo pode causar anemia e resultar em partos prematuros, baixo peso do bebê ao nascer e até mesmo colocar a vida da criança em risco. Diante disso, é preciso consumir uma quantidade mínima de 30 miligramas por dia, e para as mulheres não grávidas, de 15 miligramas. Contudo, nem sempre conseguimos consumir esta quantia recomendada de ferro todos os dias, assim é preciso fazer uso de outros recursos que vão contribuir para beneficiar a sua saúde, como por exemplo, o uso de panelas de ferro.

Panelas de ferro para mulheres grávidas

Devido a sua característica única de conseguir incorporar partículas de ferro à comida que está sendo preparada, o uso de panelas de ferro demonstra-se ser um aliado importante para liberação do ferro contido nas panelas para o alimento, enriquecendo este de maneira simples e natural. Essa transmissão de ferro para os alimentos é modulada por fatores como acidez e teor de água dos ingredientes, tempo de cozimento e temperatura de contato. Quanto maior a acidez dos ingredientes, maior o teor liberado de ferro. E por outro lado, quanto maior o tempo de cozimento, maior quantidade de ferro passada para o alimento.
Diante disso, a utilização deste utensílio no dia a dia se torna uma saída eficaz, simples e de baixo custo para as gestantes, já que qualquer tipo de alimento pode ser preparado nessas panelas, sem restrições quanto ao seu uso. As panelas de ferro são ótimas aliadas para as futuras mamães que desejam ter alternativas para garantir uma gestação saudável e segura, conservam a temperatura dos alimentos por um período prolongado, trazendo um belo e rústico design que remete as cozinhas antigas, trazendo aquela nostalgia dos bons almoços em família!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *